O talento que Deus nos deu ?

 

  Modelagem
 

Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes,a arte de viver.

 (Bertold Brecht)

 

 

       

 

         

Nossa Senhora da Uva

 

"Os espelhos são usados para ver o rosto; a arte para ver a alma".

(George Bernard Shaw

     

Nossa Senhora da Uva

 A primeira imagem de Nossa Senhora da Uva modelada no Brasil é de nossa autoria e se encontra no altar da Igreja Matriz do Distrito de Otávio Rocha, interior do Município de Flores da Cunha, Serra gaúcha

Nossa Senhora da Uva

 

Nossa Senhora da Uva foi introduzida no Brasil, região italiana do Rio Grande do Sul, pelo Padre José Casanova em 1997. O quadro que fora adquirido pelo religioso numa viagem a França em 1964, foi o começo de tudo. Numa visita a Otávio Rocha, distrito  de Flores da Cunha/RS, Pe José Casanova entregou a obra para o vigário local  Pe. Homero Rui Rossi. Durante a vindima daquele ano, o quadro de Nossa Senhora da Uva foi colocada  em lugar de destaque no altar da Igreja Matriz. Em 25 de fevereiro de 2001 durante a realização da  9º Fecouva foi inaugurada na praça regional da uva de Otávio Rocha o monumento do 3º Milênio que possui em destaque a imagem de Nossa Senhora da Uva . Na igreja Matriz um quadro, réplica, da gravura vinda do França faz parte do altar lateral.  O grande incentivador e divulgador de Nossa Senhora da Uva, na Região da Uva e do Vinho do Rio Grande do Sul, foi Floriano Molon, cuja sua terra natal é Otávio Rocha. Em fevereiro de 2003  durante a 10º Edição da Festa Nacional da Vindima, em Flores da Cunha, evento presidido por Floriano Molon foi inaugurada no Parque da Vindima Eloy Kunz, um Capitel em homenagem a N.S.da Uva. A oração que acompanha os santinhos de Nossa Senhora foi escrita pelo Frei Capuchinho Moacir Molon em 2001. Somente em abril de 2004 é que Jovino Nolasco  concluiu pesquisa e modelou a Nossa Senhora da Uva.O protótipo ficou exposto na Igreja Matriz de Otávio Rocha até 20 de fevereiro de 2005, quando, durante a FECOUVA 2005, foi introduzida solenemente a imagem definitiva modelada por Jovino Nolasco,constituindo-se na primeira imagem de Nossa Senhora da Uva modelada no Brasil. Ela é uma cópia fiel do quadro vindo da Itália. A Imagem foi modelada em argila e envelhecida com técnicas especiais com detalhes em ouro papel importada de Viena  Itália

Pequisa:
A convite a Professora,historiadora e folclorista Nilza B.Magali pesquisou escreveu sobre a Nossa Senhora da Uva.

Historiadora e folclorista, ( Poços de Caldas/MG), autora de vários livros entre eles:   107 Invocações da Virgem  Maria no Brasil O livro de ouro dos  Santos, por nossa solicitação vem pesquisando sobre a Nossa Senhora da Uva, mas até o presente momento é confirmada que a Virgem Maria das Uvas foi introduzida no Brasil, segundo relatos de Floriano Molon entusiasta divulgador em toda a região Italiana do Rio Grande do Sul, pelo Padre José Casanova em 1997.

A escritora e pesquisadora Nilza B.Magali em sua obra as 107 invocações da Virgem Maria no Brasil  (Editora Vozes) diz: " Em principio, as invocações de Nossa Senhora podem ser de origem Litúrgica, Histórica e Popular. As primeiras foram criadas pela Igreja e são relacionadas à liturgia católica: Conceição, Ó, Guia, Assunção, Mãe da Igreja, etc. As históricas, apesar deste termo não ser tomado em sentido rigoroso, referem-se aos títulos durante os vinte séculos do cristianismo e geralmente recebem os nomes dos lugares onde  o seu culto foi iniciado: Caravaggio, Guadalupe, Penha de França, Lurdes, Nazaré, Rocio, etc. As de origem popular receberam denominações dadas espontaneamente pelos devotos, conforme os ritos usados ou as necessidades do momento,   exemplo: Boa Viagem, Bom Parto, Boa Morte, Brotas, Carpição etc. As primeiras imagens de Maria foram as Virgens Orantes das catacumbas, representadas de pé, rezando

 com os braços abertos, como era costume nos tempos indiciais do cristianismo. ou então em cenas de sua vida, relatadas pelos textos bíblicos ou Evangelhos Apócrifos. Após o Concílio de Éfeso, reunido em 431 para combater a heresia nestoriana, que negava a maternidade divina de Maria, tomaram grande incremento as representações da Mãe Santíssima tendo no colo o Menino Jesus, que abençoa os devotos. Muitas destas efígies eram estilo bizantino, pintadas sobre madeira ou feitas em mosaicos, geralmente hierárquicas, esguias e de olhos fixos, copiadas, segundo a tradição, do retrato da Virgem pintado for São Lucas. Deste tipo chegaram até nós às senhoras das neves, do Povo e do Perpétuo Socorro

As imagens executadas depois do século X, quando dominava a arte romântica, são em sua maioria escultura que mostram a Rainha em majestade, sentada no trono com seu  Divino Filho ao colo, ambos coroados e segurando o cetro ou globo terrestre. Daquele período são os títulos de Nossa Senhora de Montserrat, de Nazaré, da Guia".

Por dedução o quadro do artista francês (aqui apresentado) refere-se a essa época. Pois Nossa Senhora se apresenta sentada  com o menino Jesus no colo oferecendo um cacho de uva." Segundo a nossa historiadora em carta a nós remetida em 28 de abril de 2004 diz: " A videira era considerada antigamente como símbolo da abundância e da vida. No cristianismo primitivo simbolizava o reino dos Céus, onde entrou Cristo Crucificado depois da Reissureição, a qual ocorreu no início da primavera ( no hemisfério norte), época em que brota a uva, após o descanso do inverno.

Na última ceia, Jesus Cristo, ao levantar o cálice de vinho, disse: " Este é o meu sangue, que será derramado por muitos, para a remissão dos pecados". Se o vinho era o sangue do Salvador, este sangue foi gerado no corpo de sua Mãe. Maria que poderia ser comparada à uva, a geradora do vinho". Desta feita os católicos recorriam a Nossa Senhora para solicitar a sua intermediação a Jesus para que a safra fosse boa e que resultasse em bons vinhos. Na França, cuja a vitivinicultura se desenvolvei a séculos foi o país onde era venerada a Nossa Senhora da Uva, motivo pelo qual o artista francês a retratou. Mais tarde o artista Italiano a retratou com algumas pequenas mudanças. Dizem ainda que a Virgem Maria por saber que o menino Jesus apreciava demais a uva o presenteava sempre que possível com um cacho.Outros historiadores dizem que o vinculo de Jesus com a uva e o vinho era desde criança o porque o transformou em seu sangue na santa ceia,quando adulto e, até hoje faz parte do ritual da Santa Missa

 

Saber mais sobre Nossa Senhora da Uva